• Thiago C. Vasconcelos

Por que integrar Sistemas de Segurança?

Atualizado: 12 de abr. de 2021

Integrar traz mais liberdade, novas possibilidades e soluções para as demandas dos Clientes. Para os que trabalham com Segurança Eletrônica e acompanham as tendências e mudanças, é óbvio que a Integração de Sistemas é importante para os negócios. Integração tem tem sido uma realidade em Segurança Eletrônica e continuará sendo uma tendência.



Diversos Fabricantes mundiais, como Bosch Security Systems, Genetec, ISS, Tyco, Honeywell, Schneider Electric tem focado em Sistemas de Segurança Integrados ou Unificados.


Este artigo publicado em 9 de Janeiro de 2012 da Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança já previa o que estamos vivenciando hoje e deveremos viver nos próximos anos.


Com a Integração e Desenvolvimento de Software, as possibilidades são diversas, ou melhor são quase que infinitas. Basta saber, o que você precisa ser feito e em seguida, deverá ser analisado, homologado e implementado.


Com a Integração de Sistema de Detecção de Alarmes de Incêndio (SDAI) e CFTV, é possível posicionar uma Câmera Móvel para o local onde o foco de incêndio foi detectado, por exemplo.


É possível também visualizar a gravação de uma determinada Câmera e trazer a imagem em destaque do local onde o incêndio foi detectado, verificando rapidamente a causa do incêndio e fornecendo subsídios para o Operador acionar a brigada de incêndio e tratar o evento.


Todos os eventos podem ser reportados para uma mesma Central de Monitoramento e Gerenciados por um único Software.


Dessa forma, seria disponibilizado interface única para o Operador, facilitando a Operação do Sistema, análise da situação, bem como permitir uma melhor tomada de decisão dos profissionais de Segurança e seus respectivos gestores.


Outro exemplo de Integração de Sistema de Detecção de Alarme de Incêndio com CFTV, as portas do edifício poderiam ser abertas automaticamente após a detecção do incêndio ou fumaça, facilitando o deslocamento das pessoas para saírem do prédio.


Estas são apenas algumas das possibilidades. Em Integração de Sistemas de Segurança Eletrônica, há diversas formas de inovar, trazer novas soluções para o Cliente final.


É possível também integrar CFTV com Sistemas de Intrusão, Contagem de Pessoas, Proteção Perimetral, Controle de Acesso, Automação, entre outros.


Finalizo por aqui este primeiro artigo. Em breve publicarei outros. Espero que tenha gostado. Se possível, deixe seu feed-back nos comentários, que responderei.


Separei alguns sites interessantes sobre Plataforma de Segurança Unificada e Sistema de Segurança Integrados. Seguem:


Bosch Security Systems - BIS Genetec Security Center Honeywell Integrated Security

ISS SecurOS Schneider Electric Building Management Systems Tyco Integrated Security


# Quem sou eu?


Thiago Cavalcante Vasconcelos Consultor de Soluções, escritor e instrutor. Possui 30 certificações internacionais, incluindo: Axis, Bosch, Cisco, Dahua, Dell, Genetec, HID, Hikvision, ISS CCTV, ITIL, Kiper, Legrand e Microsoft. Atua com tecnologia desde 1997, é Bacharel em Sistemas de Informação com experiência em (TIC) desde 2004 e Segurança desde 2011, com foco em Plataforma de Segurança Unificada.


Possui premiação da Microsoft e Petrobras. Reconhecimento em primeiro lugar no "Infosec Competence Leaders 2018/2019. Experiência com soluções e/ou projetos para: Aeroportos, Presídios, Condomínios, Governo, Energia, Indústrias, Metrôs, Petrobras, Banco, Rodovia, Museu, Shoppings Centers e Vale.


Perfil Linkedin: www.linkedin.com/in/thiagovasconcelos83 

E-mail: contato@thiagovasconcelos.net

9 visualizações0 comentário